Campus universitário ainda é sonho do médio e baixo jequitinhonha

A estrada real foi o caminho principal de onde se extraíu grandes riquezas do vale do jequitinhonha

A estrada real foi o principal caminho de onde se extraíu uma imensa riqueza do vale do jequitinhonha.

Cidade de Araçuaí almeja campus da UFVJM
A cidade de Araçuaí no médio jequitinhonha sonha com o campus da UFVJM

  A criação da UFVJM(universidade federal do vale do mucuri e jequitinhonha) foi mais um estratergia politica de pregar no Brasil a idéia que a região mais carente do estado de Minas Gerais  enfim estava sendo contemplada com uma universidade. Na verdade esse abandono histórico ainda persiste, o médio e o baixo jequitinhonha continua abandonados, somente a criação de um campus universitário em uma cidade polo, como a cidade de Araçuaí, poderá verdadeiramente atender as necessidades deste povo. Em Araçuaí a locomoção com cidades como Novo Cruzeiro, Jenipapo de Minas, Francisco Badaró, Berilo, Virgem de Lapa, Turmalina, José Gonçalves de Minas, Pontos dos Volantes, Itinga, Itaobim, Medina, Coronel Murta, Rubelita, Jequitinhonha e Padre Paraiso é muito boa, e essas cidades são merecedoras de ter uma Universidade próxima, encurtará o tão sonhado caminho de nossos jovens.  Recordo-me, à época em que se cogitou a possibilidade da criação de uma universidade  na região do vale do jequitinhonha, jornais regionais davam como certa, que a cidade de Araçuaí seria contemplada com a tão sonhada universidade, porém a falta de forças politicas local e regionais não foram capazes de garantir o tão sonhado campus. A politica falou mais alto, com históricos cinco mandatos de deputada estadual em sua trajetória politica, a prefeita Maria José Haueisen levou para a cidade de Teofilio Otoni a UFVJM, enterrando o sonho de milhares de pessoas do vale do jequitinhonha que deram a ela a sua contribuição enquanto parlamentar, conduzido-a à assembléia legislativa de Minas Gerais por cerca de vinte anos.   Hoje, embora já exista um movimento popular, reivindicando a implantação de um campus da UFVJM em Araçuaí, esse movimento poderá esbarrar em uma briga partidária, e o povo novamente poderá pagar por isso, a cidade de Araçuaí atualmente é conduzida pelo médico Aécio Jardim, que é um ferrenho adiversário do partido do governo.   Portanto será muito importante estarmos cobrando dos nossos politicos um engajamento e empenho nesta causa. Que seja uma causa justa, até mesmo para justificar o nome do jequitinhonha na sigla UFVJM, afinal a cidade de Diamantina esta em outro extremo do jequitinhonha, tem uma população que não gostam de serem reconhecidos com habitantes do “vale do jequitinhonha”, têm previlérgios desdes os tempos do império e ainda contam com as herânças de seu filho ilustre, o presidente JK, sentem-se  verdadeiros belo horizontinos, já dispoe de faculdade (Fevale), qual esta precisando também de uma atenção do MEC. Enfim, que os responsavéis pela escolha entre uma ou outra cidade do médio jequitinhonha, esteja despido de todo desejo politico partidário em suas ações.

Anúncios
Esse post foi publicado em cultura, educação, entretendimento, https://edivaldopego.wordpress.com/, Notícias, opinião, política, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s